Manchas na pele

Há diversos tipos de manchas que podem aparecer na superfície de nossas peles ao longo de nossas vidas; normalmente são causadas por mudanças de pigmentação e podem surgir por conta de muitas variáveis: genética, exposição ao sol, medicação, problemas de saúde, avanço da idade, etc. E essas manchas na pele podem ser de inúmeros tipos: escurecidas, brancas, marrons, amareladas, com ou sem relevo. Muitas mulheres e homens possuem suas pelas manchadas por fatores distintos e sofrem com esse problema incômodo no seu dia a dia.

Manchas na pele

É importante que saibamos diferenciar as manchas que podem ser sinais e/ou causa de problemas de saúde das manchas estética. As manchas na pele que são sinais para problemas de saúde mais graves devem ser levadas a sério e o portador precisa procurar a ajuda de médicos e especialistas para que exames e tratamentos sejam realizados. Dentre as mais comuns estão a dermatite (manchas marrons, sem uma forma ou padrão, que surgem através de alguma alergia), a fitofotodermatite (manchas marrons, com fundo avermelhado, que surgem na pele após contato com frutas mais cítricas, como limão e laranja), pintas de câncer de pele, vitiligo (doença que provoca o surgimento de manchas extremamente claras, especialmente em genitais, cotovelos, joelhos, rosto, pés e mãos), lúpus (manchas avermelhadas na pele, espalhadas por todo o corpo), etc.

As manchas estéticas da pele, por sua vez, não oferecem perigos à saúde, mas acabam deixando a sua pele com aquela aparência desagradável. Dentre as mais comuns então as manchas senis (causadas pelo avanço da idade, em pessoas idosas que não cuidaram tão bem das suas peles ao longo da vida), melasmas, sardas, manchas da gravidez (cloasmas), manchas de acne, hematomas, leucodermia solar, manchas causadas por alimentos, além das manchas escurecidas comuns causadas pela raspagem de pelos, depilação e outros hábitos estéticos.

Os especialistas garantem que quase todos os casos de alterações na pele são problemas simplesmente estéticos e não têm nada a ver com males mais preocupantes.

Manchas escuras na pele 

Uma das manchas estéticas mais características são as incômodas manchas escurecidas, ou hiperpigmentação, que consiste no surgimento de manchas de pele que se tornam mais escuras do que a área circundante. Nas mulheres aparecem principalmente em áreas como axilas e virilhas e, em homens, principalmente na região do rosto correspondente à região da barba.

A mudança de cor ocorre quando há excesso de produção de melanina, o pigmento normalmente encontrado na pele, formando depósitos que escurecem a cor da pele. Esse escurecimento é causado, sobretudo, pelo ato de depilação freqüente realizada nessas regiões (principalmente por conta do uso de lâminas, que fazem pressão sobre a pele e estimulam a produção da melanina). Mas além dessas clássicas, há uma infinidade de outras manchas escuras que por um motivo ou outro acabam aparecendo em algumas partes do nosso corpo, aonde não foram convidadas.

Manchas escuras na pele Manchas escuras na pele

Para eliminar esses defeitos incômodos de manchas na pele, visite nossa seção e aprenda as alternativas para tirar manchas da pele.